Alex Sanjeri: Equilíbrio de um louco Meu corpo chama,...

Equilíbrio de um louco

Meu corpo chama, clama, reclama,
Onde você se esconde agora,
Da vontade de morrer por um instante,
Mas repenso, quero nova chance na próxima hora.

Vêm e preenche esse vazio em meu peito,
E se decidir ficar, me faça feliz,
Assim o tempo não voa como o vento,
E viver é o prazer que eu sempre quis.

Alguns desejam o Céu, eu não!
Você esta aqui, preciso desse mundo louco,
E se não der para andar, rastejo ao seu coração,
Não há amarras que me impeçam, estou solto.

Feche seus olhos e deixe-me te levar,
Imagine flutuar em meu paraíso,
Assim sentirá a leveza de me amar,
E estar comigo será seu desejo, fica comigo.

Assim como o vício de ouvir o que me fala,
Quero o pecado desta vida louca,
E quem não aceita o amor, não sabe de nada,
E se chegar perto de mim,
Segure meu rosto e beije-me a boca.

Acreditamos no medo,
Mas prefiro o amor,
E mesmo que me aflija com pensamentos maus,
Não desistirei,
Ofereço-lhe poesia e flor.

Somos assim,
E o sonho é o preço que eu pago,
Pelo amor de declamo e desejo,
Pelo sonho que não mede espaço,
Ao caminho de tudo que almejo.

2 compartilhamentos
Inserida por alexsanjeri