Khenya Tathiany: Clichê Eu não sou clichê; Sou feita...

Clichê

Eu não sou clichê;
Sou feita de carne e osso;
De razão e emoção;
Mas, quem manda em mim é o meu coração;

Eu não sei fingir o que não sinto;
Eu me emociono de verdade;
Quando me apaixono sou intensa;
Eu não sei me doar pela metade;

Eu não sou clichê;
Sou espontânea, sou alegre;
Se sorrio o tempo todo é porque me deixa leve.

Eu não sou clichê;
Imagem de autossuficiente, arrogante é mera ilusão.
Dentro do meu peito bate um imenso coração.

Eu sou extremamente expressiva;
Transpareço as mais intensas emoções;
Este coração não bate, apanha.
E mesmo cansado de apanhar, não desiste de lutar.
Ele acredita no amor...ele sabe muito bem se doar.

Não é sempre que eu choro em despedidas,
Só daquelas pessoas que para mim de alguma forma são especiais.
Acho fiquei constrangida, sem saber ao certo como me comportar.

Talvez você tenha me achado ridícula, mas, foi a minha forma de desabafar.
Ter chorado ao te ver partir, foi a única forma de expressar a minha dor.
Eu desejo a você toda felicidade minha vida, muitas alegrias, sucesso e amor.

Sei que muita gente, não entende...
Como é possível esta garota tão cheia de si, chorar?
O amor não escolhe idade, e a gente não escolhe quem amar.

Não se prenda somente as aparências,
Eu tenho muito mais a lhe mostrar.
Me olhe com os olhos da alma,
E tenho certeza de que você vai se espantar.

Não me faça me sentir envergonhada,
Por não conseguir me controlar,
Sei que diferente me ver chorando,
Mas, eu nunca lhe disse que eu não sabia o que era amar.

Eu sou muito mais que as aparências,
Ou o que as pessoas são capazes de enxergar.
Se entre nós não existe pontos de contatos,
nunca irá conseguir me admirar.

Não estou pedindo que me ames,
Nem que compreenda o que eu sinto,
Esse sentimento me pertence
É para mim naquele momento significou mais que o infinito.

Indago-lhe oh amigo meu.
Que me conhece e sabes do meu pesar.
Ontem na hora do adeus, não consegui me controlar.

Será que é ridículo chorar, por não conseguir lidar com a dor?
A resposta que tu me deu, foi a mais perfeita em relação ao amor:
Fui no dicionário procurar, e veja bem o que encontrei.
Ridículo seria insignificante, algo pequeno. E não é isto em seu coração que encontrei.

Não é clichê não saber lidar com a dor;
Hoje, aquele momento não foi pequeno, quem sabe em um amanhã...
Suas lágrimas não imploravam que a ames; elas simplesmente transmitiam toda a emoção que você carregava em seu interior.

Autora: Khenya Tathiany

Curta nossa página no facebook e nos ajude a divulgar nosso trabalho. Disponível em: https://www.facebook.com/sentimentosinteligentes?ref=hl

1 compartilhamento
Inserida por khenyatathiany