Janela do meu peito Abro a janela do meu... Luiz Santos

Janela do meu peito Abro a janela do meu peito e por ela vejo o amor chegar. De mansinho e meio sem jeito, avisa-me que é hora de amar. Se achegue nobre sentime... Frase de Luiz Santos.

Janela do meu peito

Abro a janela do meu peito
e por ela vejo o amor chegar.
De mansinho e meio sem jeito,
avisa-me que é hora de amar.

Se achegue nobre sentimento,
a janela foi aberta para você.
Acompanharei seu crescimento,
nesse peito que está à sua mercê.

Por essa janela aberta você já entrou,
e um cantinho escolheu para ficar.
Não interessa por onde perambulou,
pois daqui, você nunca mais sairá.

Evolua, cresça e se torne visível,
não tenha medo de aparecer.
Mostre que tudo é possível,
basta o coração te conhecer.

1 compartilhamento
Inserida por PoesiasPoemaseAfins