Letícia da silva: Eu me agarro na brisa da janela meio...

Eu me agarro na brisa da janela meio aberta Me acalanto com o tanto de frescor que ela trás Ah, se eu pudesse abrir a porta para o vento, Ah, se eu tivesse temp... Frase de Letícia da silva.

Eu me agarro na brisa da janela meio aberta
Me acalanto com o tanto de frescor que ela trás
Ah, se eu pudesse abrir a porta para o vento,
Ah, se eu tivesse tempo, para passear...
Tirar pedaço da nuvem que parece um algodão
Perder o traço do espaço que já está na minha mão
Embebedar-se com o orvalho que calmamente cai no chão
Pisar no chão que o carvalho forrou em transfiguração
E transformou em um colchão.
Que repousou o beija-flor em toda a sua inquietude
Que abrigou aquela flor para um romântico roubar
Que fez pisar aquela gente cheia de virtude
E fez sonhar aquele sonho que soube apaixonar
Ah, se eu pudesse deixar a brisa entrar e voar...

1 compartilhamento
Inserida por letsti