Desconhecido: Eu detesto esses dias frios. Esses dias...

Eu detesto esses dias frios. Esses dias frios em que eu me encontro em um estado de tristeza apavorantemente estranho que trancafia os meus pensamentos positivos e não me permitem pensar em algo que faça uma luz interna se acender diante de mim fazendo-me levantar dessa cama e escrever em um caderninho uma lista de coisinhas que eu preciso pra ordenhar a minha vida, meus objetivos e o destino que eu quero ter. Eu detesto a forma como eu sou sensível e calada quando se trata disso, detesto-me quando não sou capaz de admitir que quase tudo nesse mundo me machuca e me oprime, e eu acabo soltando minhas ironias e grosserias, fazendo tudo quanto é ser pensar que eu sou arrogante e prepotente. Detesto quando eu não sei o que fazer diante de situações que todo mundo sabe como agir. Eu detesto quando me questionam, quando me jogam contra a parede, quando me fazem sentir assim. Eu detesto quando um garoto, ou uma garota é capaz de fazer eu me sentir um ser menos privilegiado de quaisquer qualidades que qualquer um tenha, capaz de fazer eu me sentir minúscula e impotente. Eu odeio quando essas minhas roupas ficam pequenas demais, eu odeio quando elas ficam grandes de mais, eu odeio quando o seu cheiro não fica nelas eu odeio o jeito que você me olha e rapidamente desvia o olhar e faz aquela sua cara de pena, eu odeio ainda mais o jeito que você olha pra ela encantado com os cabelos longos e pretos balançando e com o sorriso, e a voz meiga que ela tem, eu odeio ela, eu odeio você, e eu me odeio também.
E eu detesto os dias ensolarados. Os floridos. E os chuvosos. E todos aqueles que começam também.
E há fulanos que dizem que respirar é um privilégio, que estar aqui, sujeito à se sentir um serzinho patético e limitado é algo bacana, olha, eu não consigo me encontrar aqui, nem alí e nem em lugar nenhum. Eu queria saber como essa tragédia termina antes mesmo de viver ela, por que eu odeio essa tal realidade.
Eu odeio à mim, eu odeio ela, eu odeio eles, eu odeio elas, eu odeio aqueles, e eu odeio aquelas.
Eu só não consigo odiar você.”
— Eu não consigo odiar você. (via f-luoxetina)

1 compartilhamento
Inserida por lidandocomavida