Sabrina Niehues: Deixo meus fones no ouvido Não posso...

Deixo meus fones no ouvido Não posso ouvi-la reclamar Não conseguiria aguentar Meu pulso esquerdo está ardido Andei pelas ruas escuras Mas fui iluminada por pos... Frase de Sabrina Niehues.

Deixo meus fones no ouvido
Não posso ouvi-la reclamar
Não conseguiria aguentar
Meu pulso esquerdo está ardido

Andei pelas ruas escuras
Mas fui iluminada por postes
E carros que passavam no asfalto
Me olhavam, como se eu fosse o absurdo

Eu quis ser um andarilho
Que anda pelas ruas, sem brilho
Mal vestido, maltrapilho
Fui da vida, um péssimo filho

Encontrei no caminho uma pedra
Uma daquelas bem pequena e pontuda
Usei-a no meu braço esquerdo
Doía, mas não como minha'alma

Andei... tantas ruas
Eu quis a morte
Quis as ruas
Quis o inferno

Mas sou fraca demais
Não consigo ir
Ao encontro da morte
Nem das ruas...

Eu sempre volto
Saio à noite
Mas volto
Ao inferno.

1 compartilhamento
Inserida por SabrinaNiehues