Mauro Cezar: Eu quero um dia poder sonhar Um dia...

Eu quero um dia poder sonhar

Um dia quando eu tiver um lar, um lugar pra morar
Uma escola pra estudar, brinquedos e amigos pra brincar
Quando eu puder dormir seguro e de barriguinha cheia
Tomar banho três vezes ao dia, tiver roupas limpas pra usar
Quando minha familia estiver feliz, quando eu puder sorrir
Talvez eu possa sonhar.

Tenho esperança que um dia poderei sonhar em ser professor
Artista ou talvez doutor, pintor, poeta ou escritor
Quero ser astronauta e trabalhar na NASA, quero ser bombeiro
Engenheiro, arquiteto e desenhar vários prédios
Quero ser veterinário, quero ser empresário e ter um belo carro
Enfim, fico feliz só de pensar em um dia poder sonhar.

Hoje? Hoje não. Não posso sonhar...
Durmo na rua não tenho um lar
Não estudo, pois tenho que trabalhar
Saio pras ruas fazer malabares e ajudar minha família.

Brincar? Também não posso
Só tenho tempo pra trabalhar
E se tivesse tempo, só poderia imaginar
Pois não tenho brinquedos pra brincar.

Não durmo direito, porque tenho frio e medo
Mas o pior de tudo é a fome, ela me consome
Mastiga minha barriga e todo dia é a mesma agonia.
Não tomo banho direito, pois não tenho um chuveiro
E tenho que vestir a mesma roupa suja
E rasgada da semana passada.

Minha família não é feliz... Minha mãe é drogada
Meu pai nos abandonou, meus irmãos um já roubou
E o outro matou, mas não foi culpa deles
No primeiro estávamos com fome e o outro
Foi ele que provocou.

Portanto, não me julgue ao me ver sujo e maltrapilho
Eu não pedi isso. Nem me negue atenção
Se não quer me dar dinheiro, me dê aplausos, sorrisos
Me dê um abraço, carinho e amor, afinal, somos todos irmãos.
Não tenho sua educação, mas terei gratidão.

Mas eu tenho a esperança que um dia poderei sonhar...
E nesse sonho será tudo novo, terei brinquedos, comidas
Roupas novas e limpas, minha família será feliz
E eu vou rir o dia inteiro
Poderei ir à escola e aprender coisas novas
Será divertido ter amigos e respeito!

Será incrível no dia que eu puder sonhar
Mas por enquanto, só posso ter o privilégio
De imaginar que um dia poderei sonhar...

1 compartilhamento
Inserida por MauroCezar