Gênifer Araújo: Desapegar Às vezes desapegar vem com...

Desapegar
Às vezes desapegar vem com pesos desnecessários, logo pensamos em amor. Desapegar daquilo que nós fizemos sofrer. Mas nem sempre é amor, paixão, devaneios, enfim... Pode ser malefícios que nós vivemos e nós temos que deixar esse peso definitivamente pra trás, sentimentos, acho que tudo que é passado, ultrapassado, que esgotou, acho que não nos serve mais e não faz sentido mais em nossas vidas. Mais então vem a triste pergunta a gente quer desapegar mais porque não consegue? Será que ao mesmo tempo em que faz mal faz bem pra gente também? Difícil entender, enfiar na cabeça, na mente, ou melhor, colocar em prática. Porque tudo que não nós servimos mais a gente insistem vestir. A gente esquece que com passar do tempo à gente cresce e amadurecemos e não queremos mais colocar aquele pijama de bichinhos ou do nosso artista favorito. Começamos a deixar essas coisas pra trás definitivamente, começamos a aflorar o lado mulher, intensa, decidida, matura. Passamos á ter em um todo o ar de forte, segura em si própria. Que mesmo com todos os problemas, coração remendado a gente insiste em curti, sair em um sábado à noite pra se divertir, vê se o problema que a gente carrega todo dia se essa bagagem imensa fica mais leve. Mas a gente mesmo com desanimo toda produzida no salto alto com sorriso frouxo no rosto insistiu em sorrir e beber encher a cara até cair e ficar com o primeiro que aparecer, beijar todos até esquecer. Ninguém tá preparado pra mudanças e nem pra sofrer, mulher tem sempre a mania boba de sofrer antecipadamente mais não é a mesma coisa. A gente não esta preparada pra sofrer nem por nada e nem pro ninguém, porque nunca vem de quem esperamos. Vem sempre de pessoas no nosso meio de convívio e isso que nos machuca mais. Às vezes vem o mundo inteiro e mais um pouco nos querendo dar aqueles conselhos, falar o que a gente já sabe e já cansada de saber, já virou bordão. A gente que tem que cair na real que ele é errado pra gente que não vale a pena vestir, investir ou insistir na mesma tecla. Mais não tem jeito, a gente tenta mais sempre temos o errado que nós satisfazemos, jurei pra mim mesma não te carregar de novo em minha mala, mas você insiste em entrar nela, fazendo bagunça e me trazendo pesos e mais pesos. E depois de muito tempo demorei a perceber que você é meu errado que me faz bem.

1 compartilhamento
Inserida por GeniferAraujo