Poeta Dolandmay: O MEU PECADO Porque me quis assim, cheio...

O MEU PECADO Porque me quis assim, cheio de dor! Porque me criou estranho no mundo: Um pássaro com asas de condor, Um ádvena, um elevado, e profundo! Porque me ... Frase de Poeta Dolandmay.

O MEU PECADO

Porque me quis assim, cheio de dor!
Porque me criou estranho no mundo:
Um pássaro com asas de condor,
Um ádvena, um elevado, e profundo!

Porque me quis assim, um moribundo,
Sem que um brilho de esplendor,
Refletisse em mim, sem que fecundo,
Eu pudesse ser um nerval, um primor!

Conjura em mim uma noite orvalhada
Que se cria, e se move, sem alvorada,
Nem picos de luzes brancas e de ilusão...

Vagueio como um cipreste-calvo e frio,
Como um provar de orbe armentio,
Como me quis! Oh Deus da imensidão!

1 compartilhamento
Inserida por acessorialpoeta