Poeta Dolandmay: SONETO DO DESEJO Ao tempo em que me viu...

SONETO DO DESEJO Ao tempo em que me viu amor Depois de tão sentido passar Em fremente paixão com tão primor Esquece ao mundo por encontrar... Não tem mais senti... Frase de Poeta Dolandmay.

SONETO DO DESEJO

Ao tempo em que me viu amor
Depois de tão sentido passar
Em fremente paixão com tão primor
Esquece ao mundo por encontrar...

Não tem mais sentimento nem ardor
Qual este cumprido a inflamar
Com tão sorriso e com tão fulgor
Em outro corpo por ti provar...

Deste colo quente com tão desejo
Que o viveu momento igual ao meu
Em conforto será por um só beijo

Se ao seu corpo por tão profundo
O sentir igual ao mesmo seu
Tremente aos lábios por um segundo.

1 compartilhamento
Inserida por acessorialpoeta