Poeta Dolandmay: ASPIRAÇÃO VIVA Tu és dos meus dias o...

ASPIRAÇÃO VIVA Tu és dos meus dias o vento norte! A tocar a minha pele em ar quente, Beijando-me a face, insano, tão forte Por deixar o meu sentir elouquente! T... Frase de Poeta Dolandmay.

ASPIRAÇÃO VIVA

Tu és dos meus dias o vento norte!
A tocar a minha pele em ar quente,
Beijando-me a face, insano, tão forte
Por deixar o meu sentir elouquente!

Tu és dos meus dias a brisa da sorte,
O findar do meu aspecto plangente...
Que, no avarento momento da morte,
Deu-me vida com um beijo ardente!

Morto por cansado num afeto triste,
Deste-me o beijo d’um amor que existe
Dentre as almas mortas esquecidas...

Que bem os desejos que sinto agora,
Sejam eternamente pela vida a fora
Os ventos a beijarem as faces perdidas!

1 compartilhamento
Inserida por acessorialpoeta