Clodair Eduão - Koló Farias.: EM FORMAS Nesse quadro eu me enquadro...

EM FORMAS
Nesse quadro eu me enquadro
Memória que aquece
O mundo é uma porta
Caminhos e buscas
Espinhos e lutas .
O porto me aporta
E o perigo me alerta
Amêndoas vermelhas
Morcegos em festa
Me olhem na sombra
Que o sol me apressa
Me abraço com as flores
Que o bem me espera.
A fama e a lama
Escamas de peixe
Da lenha o feixe.
Cabeça que pena
Menina que sonha
Soletra os seus versos
Palavras que venham.
Qual mundo encantado?
Que o Jorge é Amado
Da Gabriela faceira.
Ladeiras e pernas
Torneando a donzela
Essas curvas no corpo
Que lapida a brejeira.

1 compartilhamento
Inserida por Martakoisa