T.Frazão: Não busco a ardência, as chamas, pois...

Não busco a ardência, as chamas, pois elas às vezes fazem um efeito tão devastador e também cessa com o tempo. Não busco a paixão, pois ela é um “Sentimento tão forte quanto o amor, mas efêmero, provocador, impulsivo, desesperado, inquieto.” Eu busco a tranquilidade, a serenidade, o porto seguro, confiabilidade o Amor. No qual provoca a proteção, uma ligação que não se rompe. É tão pura como a água cristalina... E envolvente como o cheiro da terra molhada. É simples mais perfeito.

1 compartilhamento
Inserida por TANISLANE