Anderson Luiz: Es bela a arte, es bela a vida, es bela...

Es bela a arte, es bela a vida, es bela
Es bela os lençóis brancos na janela
Na arvore brotam as flores amarelas
Seu néctar sasseia o pequeno beija-flor

Pureza do ar que se foi, do que era
A garoa da madrugada se foi, não vem
A menina andando na rua, acabou, acabou!!!
A noiva já não vai na carruagem branca

Que veras tens as velas na mesa a dois
No jardim aceso está os três faróis
Vem o cantante violeiro com serenatas
O grilo faz barulhos com seu cri cri

Voa os vaga-lumes na madrugada
O vistoso homem, corteja a dama
Tempo que se acaba com o tempo,
Bonde de sonhos longe e encontros

O jeito do sujeito cortejador com flores
A voz que sussurra o nome de sua bela
Bela es sua ama, olhando na janela
Como é viver joia rara sem joia.

1 compartilhamento
Inserida por AndersonLPS