Karol Calisto: Uma parede em branco. Tinta, pincel......

Uma parede em branco.
Tinta, pincel...
Uma taça de mel...com amor desenho o céu, que vai tomando forma singular, espetacular de uma inspiração.

Traços, raros....
traços raros...
coloridos e espinhados
Marcados pelo cactos da Preta.

Sertão...de Cacto seco.
Pássaro pousa no dedo do sertanejo, que puxa o gado com medo de que...
a vida lhes vai levar...
água não se vê por lá.
Apenas arame amurados, farpado e gado caídos do chão...que a vida levou pra longe, deixando a ossada.
Urubus voam no céu crepuscular... e a chuva quando vai chegar?
quando vai chegar?

Minha terra tem fome de água.

1 compartilhamento
Inserida por KarolCalisto