Não pude ignorar aquela imagem que... Amanda Drielly

Não pude ignorar aquela imagem que surgiu em minha mente quando fechei os olhos. Você. Lindo. Sorrindo pra mim. Perguntei a Deus como é possível um sorriso ser tão radiante assim. Como é possível um olhar ser tão cativante. Fechei os olhos. Tornei a abri-los. Você ainda estava ali, sorrindo pra mim. Vez em quando você olhada a lua, e o brilho dela, quando refletia no seu olhar, cintilava sua pele, fazendo-a parecer perolada. E eu ali te olhando. Tão lindo. Tão perto de mim. E cada vez mais perto. Me recostei em seu ombro, e voltando meu olhar para o seu, disfarçadamente, pude vê-lo brilhando. Você me abraçava como se me protegesse do vento gelado. E isso me causava uma sensação de estar protegida. Eu estava envolvida nos seus braços fortes. E continuei me perguntando como é possível uma criatura ser tão cativante. E buscando respostas, quis encontrar palavras que te definissem. Mas de tanto buscar e não encontrar, descobri que essas são, e sempre serão, buscas vãs. Por um único e grande motivo: Você não cabe em palavras.
— (sonhando com ele de olhos abertos às 23hs)

1 compartilhamento
Inserida por amandadrielly