Claudia Perotti: Fervem em mim todos os chamamentos...

Fervem em mim todos os chamamentos Atraí-me, puxa-me o sangue queimante das tuas ânsias E a minha carne torna-se nau no teu mar labareda de sal Pulsam em mim as... Frase de Claudia Perotti.

Fervem em mim todos os chamamentos
Atraí-me, puxa-me o sangue queimante das tuas ânsias
E a minha carne torna-se nau no teu mar labareda de sal

Pulsam em mim as tuas obscenas vastas águas
Que ainda tem força para me fazer indecente transbordar
E nas enxárcias minhas volvem a sinfonia dos corpos em chamas

Penetra-me a fúria rubra dos delírios teus
Alagando-me toda com a audácia incandescente das vagas tuas
derrocando as resistências, as altas gáveas,
diluindo com volúpia as tormentas minhas

Fogo, fogo, fogo...
Queimamos atlânticos nos espasmos quentes do sentir
Inflamamos a imensidão dos desejos molhados e escondidos
Estouramos as amarras garridas de nossas veias torturantes
Entregamo-nos aquiescentes e vulcânicos ao faminto naufrágio

1 compartilhamento
Inserida por claudiaperotti