Henrique N. Santiago de Paula: No fim das contas, paradigmas nascem...

No fim das contas, paradigmas nascem para ser quebrados, não é? O dogma do ser talvez possa se tornar o reinventar. Reinventar-se dia a dia, quem sabe?

1 compartilhamento
Inserida por henriquesantiago