Sara Rodrigues: Havia falado que ia me desprender de...

Havia falado que ia me desprender de tudo que estivesse fazendo mal. Ou melhor, jurei.
Mas como sempre, não fiz o combinado. Sou teimosa, insisto no erro, no engano...
Sofro calada, e por querer. Acho até que já acostumei com a solidão e suas consequências.
Porém, há novos rumos para seguir, novas caras, novas "diversões". Quem sabe um novo amor?
Uma nova roupa? Um par de sapatos? Sem sucesso. Eu realmente continuo com a mente ─ por que usaria 'coração?'─
ranzinza, inútil e vítima de colossais decepções. Aprendi a desconhecer qualquer e outro tipo de maneira legal de se viver.
Parei nesse mundo, emperrei, atraquei aqui. talvez meu globo tenha cansado de girar, ou possa ter encontrado algo inusitado
no meio do caminho e parado para observar. E por obra, esqueceu de girar. Me deixou aqui, perdida nas lembranças do passado,
que não me deixam revidar e seguir. Posso engatar um reboque no meu globo, e ser a manda chuva da direção. Assim poderei
voltar a me sentir viva, e quando estiver cansada, repousar em braços que me façam dormir ao simples toque. É isso!
Agora tratarei de tomar conta de mim mesma, da minha consciência ─por que mais uma vez usaria 'coração?'─ e me direcionar
à portos seguros onde o meu sossego seria inabalável. Ok, não vou jurar, muito menos prometer. Mas quero tomar isso como prioridade
em minha vida.

Talvez seja hora de trocar as roupas, os sapatos, talvez mudar até de amor.

1 compartilhamento
Inserida por burned