Rafa Porfirio: SER PAI Pai não é simplesmente gerar...

SER PAI

Pai não é simplesmente gerar um filho, pai é uma vocação a qual se nasce com ela. Existem muitos que geram filhos e não são pais, e outros que não geram e o são. Ser pai é um compromisso assumido no matrimônio. Ser pai é ser bom e as vezes enérgico quando preciso, ter carinho e saber repreender. Ser pai é dar desde pequeno a seus filhos o conhecimento de Deus, e a prática de suas virtudes. Ser pai é dar o bom exemplo, para que os filhos tenham em quem se espelhar. Ser pai é vigiar, é saber com quem os filhos estão saindo, para que os mesmos não o levem ao mal caminho. Ser pai é velar pelo corpo e alma de seu filho(a), para que o mesmo se apresente puro(a) quando esse contrair um matrimônio, e seja motivo de felicidade e alegria para sua esposa/marido, e também tenha alegria com os filhos que Deus lhes der. Seja este motivo de felicidade para seu coração e motivo de elogios entre amigos e familiares.

Filho(a) valorize seu pai, pois na terra ele não é eterno, um dia ele irá embora, geralmente antes de você. Seja motivo de orgulho para seu pai, não entristeça seu coração enquanto vive, ouça seus conselhos. A maior tristeza de um pai é ver o filho(a) se desviar do caminho de honra, respeito e dignidade por ele tão trabalhado e almejado.
Filho(a) coroe teu pai com a coroa da alegria, fazendo o que é correto aos olhos de Deus e dos homens, sendo justo, sincero, humilde, puro, sempre fugindo ao mal e à injustiça. Do contrário coroarás teu pai, contra a vontade dele, com a coroa da Vergonha, que o marcará para sempre.

Filho(a) ame teu pai em vida, e o honre em seus atos e omissões. Que quando ele se fôr desta vida, que você possa chorar de SAUDADES, e não de REMORSO.

1 compartilhamento
Inserida por rafaporfirio