Dimitry Duarte: Reflexões Vespertinas 2 Tempo de...

Reflexões Vespertinas 2

Tempo de espera, aquele período que normalmente ficamos ansiosos, esperançosos, muitas vezes aflitos ou afoitos, sempre criando expectativas em relação àquilo que estamos aguardando a chegada.
Para muitos a espera é uma tortura, segundos parecem horas, e cada mínimo detalhe se torna tão monstruoso, onde um curto período aparenta passar tão devagar quanto um milênio enquanto para outros, a espera é apenas uma das virtudes da paciência, onde se pode tirar proveito dela, planejando, refletindo e utilizando cada segundo ao seu favor.
Devemos aproveitar cada segundo da nossa vida, independente de estarmos esperando algo ou não, devemos sempre lembrar que nossa vida é curta demais para ser desperdiçada, é fazer da espera um aprendizado, e olhar o lado positivo das coisas, afinal, se você esta esperando quer dizer que no final, uma hora ou outra seu objetivo será conquistado, independente do nosso desespero ou não.
Ultimamente tenho me tornado muito observador, acho que devido ao desejo imensurável de encontrar algo que vala a pena refletir e posteriormente escrever sobre a mesma, e sendo fruto desse impulso, fruto da minha eterna espera por algo bom para compartilhar com o mundo, aprendi que a coisa certa a se fazer, é esperar, afinal, tudo que lidamos com paciência, têm tendência a ficar melhor do que se nos desesperarmos. E ironicamente, após aguardar tanto tempo por um tema bom, digno de reflexão, percebi que o tema que eu procurava estava bem a minha frente, eu só precisava abrir meus olhos e perceber.
Escrever sobre a paciência, inspirado pela paciência que eu fui obrigado a desenvolver para escrever esse texto, faz com que eu me sinta em um círculo vicioso. É como escrever um livro com o tema: ”Como escrever um livro”, algo difícil, afinal, tudo que você disser, tem que se encaixar nos perfeitos parâmetros da nossa própria reflexão, pois ninguém acreditaria em alguém hipócrita o suficiente para dizer algo e não por em prática.
Sendo vítima de mim mesmo, não posso afirmar com certeza ou não se esse texto faz algum sentido pra quem está lendo, nem dizer que o texto ficou bom por eu ter sido paciente, mas uma coisa eu posso afirmar com certeza, escrever esse texto foi mais gratificante do que se eu tivesse tentado escrever algum outro sem esperar e sem estar suficientemente inspirado pela mesma.

1 compartilhamento
Inserida por ddmbrito