Lou Cano: Infelizmente terei que ser contra a...

Infelizmente terei que ser contra a afirmação de Saint-Exupéry de que o amor nunca se desgasta... Que é linda, por sinal.... Mas, é utópica...

O amor se desgasta, sim.... Se enfraquece, sim.... E quanto mais se dá e não se recebe nada de volta, vai se alimentando de si mesmo até que nada reste.
É preciso cuidar do amor, como se ele fosse um bebê ou uma planta rara: com atenção, com carinho, com conversas longas e perseverança. Não dá pra acreditar que o amor se bastará!

É preciso cuidado.... É preciso atenção... É preciso carinho...

Não acredito em finais felizes, acredito em inícios embaraçados, em metades harmônicas e finais possíveis!
Porque o amor é feito das pequenas coisas que preenchem o dia e não de situações grandiosas que raramente acontecem. É no dia a dia que o amor se constrói... Nas conversas amenas, nas discussões respeitosas, nos olhares que dizem mais que palavras, nas palavras que confirmam os olhares e nas ações que ratificam as palavras.

O amor deve ser alimentado para que não morra de fome... para que não tenha de se alimentar de si mesmo.

O amor que se alimenta de si acaba por desaparecer em si mesmo!

É preciso cuidar do amor para que ele se fortaleça... Não esquecer nunca que o EU TE AMO sincero restaura a alma de quem ouve e de quem diz.

É preciso cuidar do amor SEMPRE!

1 compartilhamento
Inserida por carlos1008