Thaina Santiago: AMOR E AMOR O amor queixa-se se...

AMOR E AMOR

O amor queixa-se se esquivanças amorosas
Que por elas não se perdem as esperanças
E nem se esquece das lembranças

O amor que não sente mais pena das lembranças
Mas ainda teme as suas mudanças

O amor que é o atormento do coração
Onde trás enganos, desprezos e isenção
Que se sente magoado por erros
Que não pode haver perdão

O amor que é livre da maldade
Que deseja estar preso por vontade
É ter quem nos ouve com lealdade

O amor é não dar tanta importância aos olhos
Pois, sem olhos, vejo

O amor não é o que fala
Mas o que se respira
E ainda sim se inspira

Amo e amo tanto sem saber se sou amada
A não ser no momento em que me dizes:
"Eu te amo, amo, amo, amo"
De meia em meia hora
Se não for assim, anula-se
No tempo e o que outrora me falaste

Há o amor que fala sem língua

Ah tão cheia de amor estou
Tão enfadada estou
Que já não sei o que escrever
Nem ao menos o que falo

Pobre menina sou
Que tentei escrever
Sobre esse tal "amor"...

1 compartilhamento
Inserida por douglasfaria37