Maurin Alessandro: Joguei fora suas cartas e eu queria ir...

Joguei fora suas cartas e eu queria ir mais alem.
Pensei que até podia me envolver com outro alguem.
Pois não me acostumei com esse nosso vai e vem.
Se eu fico sem você eu te vejo até em nota de cem.
Eu já te esnobei e hoje eu imploro seu perdão.
Me sinto um brinquedinho esquecido no porão.

Dou um passo para frente mais meu corpo vai pra trás.
Eu tento te esquecer mais só você me satisfaz.
Já fui em curandeiros pra quebrar a maldição.
Que enfeitiçou minha mente e hoje vivo na ilusão.
Tentei mapas e bussolas pra me dar a direção.
Por mais que eu insista eu sempre vou na contramão.

Ascendo uma vela e faço uma oração.
E eu peço para os anjos um pouquinho de atenção.
E me tragam de volta a parte que você levou.
No dia em que meu pobre coração você quebrou.
E eu não acho respostas pra essa minha equação.
Você me subtrai e eu quero a sua adição.

Me isolo no meu canto com um cigarro e o violão.
E todos os meus sentimentos se transformam em canção.
E eu fecho os meus olhos para não te ver passar.
E o frio na minha barriga me congela ao tentar dizer.
Que eu sou uma estrela triste e só na imensidão.
A lua sai de cena e o meu céu é um mar.
De escuridão

1 compartilhamento
Inserida por MaurinAlessandro