Renata Lessa: O que Deus quer de nós, para nós?...

O que Deus quer de nós, para nós?
Será que o livre arbítrio que nos leva aos erros prepondera o livre arbítrio quando buscamos acertar?
Cada um de nós temos o teto de vidro, muitas e muitas vezes somos apedrejados, massacrados.
Os erros, as mentiras, as bobagens do passado sujamn esse vidro de lama e poeira.
Deus, sabiamente, na hora certa, deixa jorrar o seu amor através da água mais pura e límpida em cima de nós, para lavarmos a alma e esfregarmos para sempre esses momentos de dor, aflição e tristeza pelo que outrora cometemos.
Água pura e cristalina para enxergarmos através da janela da nossa alma as infinitas oportunidades de transformação que Ele nos oferece.
E o que muitas vezes fazemos? Fechamos a torneira das bençãos enviadas, muitas vezes por medo, ou por descrença em nós próprios e em nossa capacidade de superar os desafios da vida, passamos rapidamente um pano seco de amarguras, conformismos e desesperanças, deixando a vidraça da nossa vida ainda mais turva.
Deus, a cada dia, oferece uma nova chance de limparmos nossas vidraças, para enxergarmos de outra forma a vida, para liomparmos o passado de coisas que fizemos de errado, como um grande aprendizado.
Errar, fundamentalmente, faz parte desse processo de Deus e propósito de vida.
Ter coragem de reconhecer os erros e modificá-los significa reconhecer a pura essência de Deus dentro de si. Ele, com sua capacidade infinita de amor e perdão, não corrobora com a ideia da nossa resignação. A felicidade desta vida é para ser buscada nesta vida. Abrir mão de ser feliz é abrir mão da proposta de Deus para nós. É abrir mão da própria encarnação, é morrer para a vida, em vida.

1 compartilhamento
Inserida por renatalessadv