Vanessa Leite: Claramente Existem coisas que eu não...

Claramente

Existem coisas que eu não sei dizer, aliás, sei sim, porem por existência, o medo também existe, ele persiste cruel e mais forte. O medo tornou-se um escudo e, no entanto o que eu muitas vezes na verdade, não consigo dizer, são coisas bem simples e boas de, se ouvir.


Ser bom dispensa a lei do que é relativo, e o que está relacionado, não obriga à recíproca, incita, talvez, a vaidade de quem ouve.
Num determinado momento de desespero, temo que por suposição contemporânea e especulativa já sou duas, e peço pelo amor de deus que não seja três, já que por existência existe em mim o fatal desejo de voltar a ser apenas uma.


O medo é o maior aliado de qualquer criminoso, sim o medo.
E é confuso também, já que o medo também evidencia a culpa.
E por evidencias... O Atraso provoca o desespero que desencadeia atos impensados... Constrói uma vitima.
Nem o culpado, nem a vitima pensam. Ambos não cônscios de seus atos.
A ausência de arrependimentos... É só o alivio da ausência tão desejada, que se espera que não seja provocada.
E as rosas vermelhas fazem tamanha falta, só elas, mesmo com seus espinhos, envolveriam tranquilidade.
E sendo metal resfriado, torna-se difícil flexionar qualquer outra ideia.

1 compartilhamento
Inserida por HavennaLeite