As vezes fico tristinho, como um... Rafael Raniere

As vezes fico tristinho, como um passarinho que não pode voar. As vezes fico cabisbaixo, como uma criança que a mãe não deixou brincar. As vezes fico despedaçad... Frase de Rafael Raniere.

As vezes fico tristinho, como um passarinho que não pode voar.
As vezes fico cabisbaixo, como uma criança que a mãe não deixou brincar.
As vezes fico despedaçado, como uma rosa jogada ao chão.
As vezes fico partido, como um triste coração.

1 compartilhamento
Inserida por RafaelRaniere