Então, foi bem difícil de acordar... Rochele Alves

Então, foi bem difícil de acordar hoje. O frio dava-me uma vontade de continuar sobre o calor dos cobertores, acolchoados e principalmente do abraço gostoso do meu homem. Porém sair na rua foi bom. Estava frio com um sol delicioso. O feriado foi tenso de certa forma. Nada como uma conversa não conseguisse resolvesse as tensões, infelizmente temos que entender e aprender que nem tudo nesta vida e flores e amores, passamos por certos "bocados" e isso é inevitável, temos que saber lidar com sabedoria nesta horas de aflições. Estou me adaptando aos poucos com as mudanças radicais e boas de 2010. Afinal, um dia não sei nem fritar um ovo e fazia miojo no microondas e hoje arrisco-me a cozinhar, limpar a casa, lavar a roupa, bordar, costurar, Tudo novo? Não eu já me arriscava a bordar e costurar. Comecei a entender que não sou mais somente eu, que não é o que quero, o que eu tenho vontade. Agora, sei que é eu e ele. Nós dois juntos, eu preciso dele e ele precisa de mim (acredito eu). Não só como namorados, por que a nossa relação passou disso, afinal, agora moramos juntos, vivemos juntos, dormimos e acordamos juntos, ele vai pro banho e berra "Amor, me traz a toalha..." Isso é uma maravilha. Estou fazendo alguns planos para essa nossa vida de "casados".Pena, que algumas coisas fogem dos meus planos. Por exemplo, hoje pretendia começar a bordar umas toalhas de banho, rosto, louças, lençóis e fronhas( minha mãe diz que isso se chama enxoval). Só que não vai dar, por que não tinha como ir no centro comprar essas "coisitas" e também por que hoje a noite tenho que ir lá na Unisul, tinha esquecido. Estou com vontade de comer hot-dog. E estou lutando para manter minha sabedoria em alta. Acho que por hoje é só pessoal.

1 compartilhamento
Inserida por RocheleAlves