Cleice Melo ( poetic lover ): Foi no Caminho da Noite que eu te...

Foi no Caminho da Noite que eu te Encontrei
Lua Brilhante e Alma Sozinha a qual me Agarrei
Como uma Brisa Suave e Doce Vieste ao meu Ouvido Sussurrar
Emoções Fortes que me levaram a Tudo por ti Arriscar

Acariciaste- me com o Silencio do teu Véu
E com as tuas Asas Levaste me ate ao Céu
Sentia em Mim que Estava a Felicidade a Chegar
E Eternamente Desejei que Ela Viesse para Ficar

Encontrei na tua Autenticidade a Parte de Mim que me Faltava
Presente Vivo de uma Emoção Rara nunca Atingida e Sempre Procurada

Foi no Encosto do teu Ombro que eu Protegi meu Coração
Sentia o Quente do teu Abraço Unir os Nossos Corpos num Ultima Paixão
Via a Minha Vida Desarmada mas o que Podia Naquele Instante me Importar
Corria nas Minhas Veias Toda a Força que Contigo queria Partilhar

Queria Viver cada Respirar teu como se disso Dependesse a Minha Existência
Procurava Mil Razões para Tocar toda a tua Essência
Ardia por Dentro de Mim até Chegar a Madrugada
Passava Longas Horas Esperando para te ver Acordada

Inspirava me Enfim no Levantar do Sol nos teus Olhos assim Esquecia as Desilusões
Desfrutava do Prazer Único de tocar tua voz que me trazia Tantas Recordações
Implorava sem Palavras que os Teus Lábios me Tocassem sem Demora
Ar Suave e Perfumado Mantinha me Vivo ao ver a Beleza Infinita que me Conquistava a Cada Hora

Foi Assim que eu Vivi
Foi Assim que eu Permaneci
È Assim que Ainda Hoje Continuo Aqui …

1 compartilhamento
Inserida por cleicemelo