Sonia Solange Da Silveira ssolsevilha poetisa do cerrado: Senhor! Dai-me paciência para com as...

Senhor! Dai-me paciência para com as pessoas que amo! As que não amo. As que não me amam, As que me julgam, As que me enganaram. Àquelas que propositalmente me ... Frase de Sonia Solange Da Silveira ssolsevilha poetisa do cerrado.

Senhor!
Dai-me paciência para com as pessoas que amo!
As que não amo.

As que não me amam,
As que me julgam,
As que me enganaram.

Àquelas que propositalmente me usaram, para levar vantagens, inventando coisas a meu respeito.

E, até aquelas que falam meu nome,
sem saber quem eu realmente sou!

1 compartilhamento
Inserida por ssolsevilha