Kamylla Cavalcanti: Passaram-se tantas primaveras não foi...

Passaram-se tantas primaveras não foi amor? Mas seu perfume ainda inunda meu quarto, ainda ouço sua voz me acordando pela manhã e seus passos ainda atordoam meu sono... Há tanto o que saber e tanto mais que não saber porque na verdade você sempre foi o único, o único que me fazia querer ficar nesse mundo só mais um pouquinho apenas porque você estava segurando minhas mãos e em silêncio minha alma... Te olhar hoje seria retomar um turbilhão adormecido, te abraçar hoje seria resgatar um sonho sem fundamento, te amar hoje seria acreditar num futuro que pra nós não mais existirá... Eu sei que pra o destino acabou mas porque pra mim não, porque continuo pensando em você todas as vezes que inevitavelmente me deito e sei que não irás mais me ligar? Amor, de todos os que até hoje me deram boa noite você foi o único pra quem eu quis acordar no dia seguinte... você foi o único que eu quis amar no dia seguinte... E embora minha saudade seja o suficiente para te trazer todas as noites pra meus pensamentos ela não é forte o bastante pra te trazer para os meus braços, e agora já é tarde, preciso dormir antes que me perca em você outra vez...

1 compartilhamento
Inserida por kamylla23