Tiago Landeira: Guardo o adeus Enquanto guardo teu adeus...

Guardo o adeus Enquanto guardo teu adeus Meu olho se torna vidro e Reflete a mim despido e distante Caminhando soturno até onde posso apagar a luz e não ver Com... Frase de Tiago Landeira.

Guardo o adeus




Enquanto guardo teu adeus
Meu olho se torna vidro e
Reflete a mim despido e distante
Caminhando soturno até onde posso apagar a luz e não ver

Como se todos os pássaros saíssem das minhas mãos
Entrassem no mesmo horizonte
Seguindo o sol até se irem com ele e
Não mais amanhecessem comigo

O mar agora é silencio
O coração não. Bate sozinho
Para mim apenas
Ignorando outro som; outro adeus
Até mesmo o fim da impressão
Aquela em que o mundo te lembra despedida

1 compartilhamento
Inserida por landeira