Sara Basso: É cedo. Caminho devagar, cabeça baixa,...

É cedo. Caminho devagar, cabeça baixa, quero ser só. Vejo apenas meus pés avançando, um depois do outro, um depois do outro... Não quero ver para onde vou, a to... Frase de Sara Basso.

É cedo.
Caminho devagar, cabeça baixa, quero ser só.
Vejo apenas meus pés avançando, um depois do outro, um depois do outro...
Não quero ver para onde vou, a touca do meu blusão diminui meu campo de visão.
Nem o Sol nasceu ainda e a lua se despede.
Não há vejo, mas sei que ela está lá, sua energia, sua luz, sua presença me incomoda, quero estar só.
Sinto figuras ao meu redor, sinto sua energia, (medo, dor, raiva), elas não me amedrontam mais.
Sinto inveja da cegueira das pessoas, a cegueira que vai além da física.
Continuo...
Passos estreitos, tenho medo de chegar.
Quero estar só.
Então porque não consigo?

1 compartilhamento
Inserida por SarahBasso