Lu Marinho: Desejo... Como é complicado o sentir,...

Desejo...

Como é complicado o sentir, sempre sabemos exatamente como agir, qual a forma correta de nos comportar, até surgir o tal desejo, desejo disso, desejo daquilo, pense num inquilino teimoso, não aceita não, não dorme, lateja, inferniza todos os outros sentimentos que me povoam, e nesse condomínio de emoções o desejo reina, consegue persuadir a esperança dizendo que ele é quem manda na razão, ele está sempre certo e consegue fazer cada burrada! Maldito desejo, parece àqueles bêbados chatos que incomodam todos ao redor, não dá trégua, jura que é o dono da verdade e que por isso deve ser atendido de imediato, de pronto... se infiltra em cada centímetro do meu corpo fazendo-o arder, incendiar, e no delírio da febre que me queima quase sempre cometo certos absurdos, certa de estar certa... Não me eximo das minhas culpas, sempre dou ouvida a esperança, por mais que a razão fique rouca de gritar o caminho certo a seguir, não dou ouvidos, sempre me arrisco, faz parte da minha natureza passional....

1 compartilhamento
Inserida por LUCIENEMARINHO