Diego Mayer: O fim da vida sempre foi um mistério a...

O fim da vida sempre foi um mistério a ser desvendado. Uma fase em que todos nós iremos passar perdendo um ente querido e até chegar assim a nossa vez. Já passou inúmeras vezes a minha cabeça que a morte é injusta. Fazemos planos a todo o momento, a todo o instante, queremos comer aquele nosso prato preferido amanhã, contamos os segundos pra chegar à sexta-feira pra curtimos com os amigos e a família, aproveitar ainda mais o que não aproveitamos no final de semana passado, pretendemos perdoar aquela pessoa que nos magoou, abraçar aquela pessoa que gostamos e pensamos mil vezes em dizer um ‘eu te amo’ pra aquela pessoa que realmente a gente ama. Mas a morte chega muitas vezes como um ladrão, sem hora e sem dia marcado e nos rouba o nosso maior dom, nosso maior presente: a vida, o fôlego de vida. Tudo cai por terra e deixamos este mundo e todas aquelas pessoas que um dia compartilhamos momentos maravilhosos e até tristes, mas que estavam ao nosso lado sempre. Os sonhos, os planos, as vontades, ficaram pra trás. Tudo ficou pra trás. E pra aquelas pessoas que ficaram, o enorme vazio e a luta pelo recomeço.

Bom, pra mim é nítido que não há como escapar deste momento em que TODOS irão passar, todos. E o que fazer diante desta situação? Pode parecer clichê, mas não é. Aproveitar cada dia como se fosse o último! Beije, ame, abrace e diga que esta pessoa é importante, não deixe pra amanhã, por favor. Amanhã pode ser muito tarde. Você pode não estar aqui pra falar ou a pessoa pra escutar. O dia de ser feliz é hoje.

Para os Cristãos, fica a dica de Salomão no livro de Eclesiastes: “Jovem, aproveite a sua mocidade e seja feliz enquanto é moço. Faça tudo o que quiser e siga os desejos do seu coração. Mas lembre de uma coisa: Deus o julgará por tudo o que você fizer. Não deixe que nada o preocupe ou faça sofrer, pois a mocidade dura pouco.” Eclesiastes 11 9-10

Por isso viva tudo que há para viver. Tendo consciência de tudo o que fizermos e das conseqüências dos nossos atos. Não se apegue as coisas pequenas e inúteis da Vida... Perdoe... Sempre!

Parta dessa vida com objetivos alcançados, feliz consigo mesmo, sonhos realizados e MISSÃO CUMPRIDA!

1 compartilhamento
Inserida por diegomayer