Ronaldo M. Rangel: O silêncio constante de uma sábia boca...

O silêncio constante de uma sábia boca é como venda nos olhos de um malabarista num trapézio, o calar da voz de um sábio nos ouvidos de um homem reto é como um ... Frase de Ronaldo M. Rangel.

O silêncio constante de uma sábia boca é como venda nos olhos de um malabarista num trapézio, o calar da voz de um sábio nos ouvidos de um homem reto é como um cantil de água vazio nas mãos de um homem perdido no deserto.

1 compartilhamento
Inserida por Fuzi