Ronaldo M. Rangel: Mesmo que não saibamos pra onde os...

Mesmo que não saibamos pra onde os caminhos nos levarão, cuidemos em nos guardar conosco cada momento durante a caminhada, talvez possamos nos perder nos caminhos e será melhor o objetivo de ter que voltarmos atrás, guardemos conosco o caminho, pois só alcançaremos as experiências de vida quando aprendemos pelo que passamos durante o tempo que caminhamos, não alcançaremos experiência alguma quando é só o tempo que passa por nós, muitos acreditam que a velhice é sinal de experiência mas nem sabem eles quais caminhos tomaram esses velhos e quais deles andaram até o fim, quais deles se perderam, quais são os que voltaram atrás e quais venceram depois de um longo período de aprendizado, para muitos a idade e o cabelo branco dado pelo próprio tempo é uma dádiva da experiência de vida, mal sabendo eles que o tempo é o mesmo continuadamente, sempre passa. Para poucos, os caminhos que foram percorridos e as trilhas que foram traçadas por eles que andaram doloridamente durante todo esse tempo foi o ápice de uma vida experientemente sobrevivida e docemente vivida.

1 compartilhamento
Inserida por Fuzi