Thayrine Oliveira: Parecem minusculas as chances que eu...

Parecem minusculas as chances que eu tenho contigo e as peripercias que a vida tem me pregado, só me afastam ainda mais. Expectativas me corroem por dentro,uma vontade abstrata de querer estar perto, mas só vontade. Somos tão iguais, eu diria até feitos um para o outro, se nossa realidade fosse feita de beijos quentes, corpos ligados, sentimentos recíprocos, um amor que varia por ambos os lados e não sabe onde fica. Mas não, um de nós ama por dois. Eu amo, amo por mim, amo por você. Amo por aquela velhinha cruzando a esquina, amo por seu cachorro, e pela professora do cursinho de inglês. Eu amo por todos, porque eu amo muito e chega a ser ilegal amar alguém tanto assim. Por isso por favor, erre! Erre muito comigo. Não seja tão lindo, eu suportaria melhor ver você xexelento me ignorando aos cantos do que ver você lindo sem saber o que quer. Erre comigo, me perca! Seja fofo, me ame. Essa de você me ignorar e não saber que é meu me fascina. Eu preciso ouvir você dizer que me quer, que sem mim nada faz sentido. Na verdade eu preciso ter você aqui pra aprender a não te desejar tanto. Ou talvez eu precise apenas de um café bem quente.

1 compartilhamento
Inserida por thaaaay