Clarissa Corrêa: Não sei se amo do jeito certo. Mas...

Não sei se amo do jeito certo. Mas existe uma forma certa? No amor, cada um tem seu jeito. A gente aceita se quiser. Decidi algumas coisas, não sei se são boas, acho que o futuro vai dizer. A hora é agora, tenho que aproveitar todas essas mudanças internas borbulhando. A gente não pode se anular e colocar o outro em primeiro lugar. Tem gente que não sabe amar. E muitos outros não entendem a nossa forma de amar. Ao invés de tentar explicar é melhor mudar tudo de vez.
Vamos rasgar os planos, apagar os projetos de futuro, soltar os ombros, respirar fundo e começar do zero. Sem esperar nada. Sem expectativas, sem historinha bonitinha, sem diminutivos, sem intensidades, sem nada. Apenas com a coragem, um pouco de egoísmo e algum individualismo para fazer companhia. Vou me esforçar, prometo.

1 compartilhamento
Inserida por biancavasconcelos