Vitória Trigo: Ela não saia de casa a um tempo depois...

Ela não saia de casa a um tempo depois do acontecido , ela não queria mais saber de saltos e vestidos mas parecia que aquela noite seria diferente. Ela recomeçaria, uma nova mulher iria nascer. Ela saiu de casa com expectativas e sorria… Depois de um tempo, sorria. As horas foram passando e ela até que se divertia , tomava uns drinks e ria de umas histórias contadas por seus colegas. Ela o avistou. Ela bambaleou e sabia que alguma coisa nele ainda a afetava de uma forma que ninguém sabia. Ele a fitou com os olhos e sorrio de lado . Um cumprimento distante e impactante. A história deles não tinha um ponto final , só virgulas e muitos pontos de interrogação. Ela chegou a lembrar de alguns momentos juntos mas foi interrompida por sua amiga puxando-a para a pista. Não lembrava como dançara , havia tempo que ela não dançava. Moveu-se estranhamente linda. Ela esbarrou em um homem , sem querer , um homem reconhecido imediatamente .

- Desculpa eu não quis…

Os olhares deles se encontraram novamente e agora , tão próximos. Ele estava acompanhado por uma linda mulher aparentemente mais velha, talvez nem tanto assim. Ele puxou uma conversa rápida , aquele ”tudo bem?” clichê e ”alguma novidade?” . - Tantas,muitas. Vamos sentar e conversar um pouco mais . - A mente dela pedia um pouco das palavras dele. A mulher com que ele andava deu-lhe um longo beijo , aqueles beijos demorados com direito a mãos bobas e nem um pouco românticos . Ela olhava aquela cena e segurava a lágrima. Ela achou que pelo menos aquela noite ele iria respeita-lá. Saiu sem falar com ninguém , sem dar satisfações . Pegou o carro chorando e chegou em casa . Trancou o quarto e ainda está lá. Festa Suicida.

1 compartilhamento
Inserida por vitoriatrigo