Lu Santiago: Estou sentada na soleira da porta da...

Estou sentada na soleira da porta da minha vida
Vigiando gente indo e vindo
Gente que passa
Gente que fica

Mas ninguém permanece
É uma dor estranha
Perceber que o melhor de si nunca é suficiente pra ninguém
Troquei minha felicidade pela falta de amor
E ninguém nunca me permitiu essa escolha
Foi La e pronto: fez-se a troca
Minha vida é assim
Cheia de gente decidindo por mim
Decidindo quando estarei disponível
Decidindo quando posso sorrir
Decidindo quantos dias irei chorar
Mas uma hora me levanto
Não estarei deixando minha vida
Estarei indo atrás dela
Me livrando de alguns pesos de porta

1 compartilhamento
Inserida por lusantiago3