Coleção pessoal de Nectardaflor

201 - 220 do total de 438 pensamentos na coleção de Nectardaflor

Dedilha seus dedos nessas notas que são tão minhas e desliza cada pensamento nos nossos instantes.

~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

Que eu quase morro de tanto que mergulho no dedilhado sentindo cada nota, como se fosse você...

... você.

Jota Cê

-

Jota Cê - Néctar da Flor
1 compartilhamento

Palavra úmida faz qualquer frase ficar molhada...

~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

Boca com cheiro de flor, perfume com cheiro de dor, meu homem com cheiro de agora.

~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

Caberá o meu amor dentro de uma eternidade? Caberá o meu sentir dentro do existir? Caberá o meu abraço dentro dos teus braços?

~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
2 compartilhamentos

Meu descontrole pede o controle do seu corpo...

... em cima dele.


~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

O grito só desprende quando você chupa minha língua...

... e todos os meus sussurros teimam em queimar,queimar, queimar...

Amo.

~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

Se seu corpo resolve falar, escute.

A pele é sabida e sabe ser atrevida.

~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

Palavras dançam na ponta da língua e todas as piruetas agradecem com delírios...

...

~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

Nem sempre corpos colados dizem algo...

... almas quentes são bem mais tesudas.

~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

Frases curtas para pensamentos gigantes.

Não consigo desengasgar, por esse motivo, cuspo.

~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

No momento que dei a mão, te peguei pelo pé, você me amarrou pelo corpo e te segurei pela alma.

~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

Tem saliva demais no que escrevo, tudo mela e ele enxuga com a ponta da língua. Meus dedos encontram as mãos que procuram...

Frase é toque, vírgula é boca, exclamação é movimento...

...judia de mim, judia.

~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

Coração de cabana, alma de mato, personalidade de fogo. Jeito de menina. Vontade de mulher. Sonhos que não são de verão. Chuva de novas sensações. Trovoadas de desejos expostos a todo vapor. Temperamento totalmente explosivo...
assim como tudo que arde em mim.

Rebeca - Néctar da Flor
14 compartilhamentos

O bom do perigo é ser judiada caso seja descoberta. O bom do perigo é se excitar com o fora-da-lei que nos domina. O bom do perigo é ficar numa selva de bichos escrotos e mostrar que sabe ser bem mais irracional que eles.

O bom do perigo, é isso...

~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

Era uma vez uma Cadeira que se apaixonou perdidamente pelo Sofá. Vivem na mesma sala e o ambiente sempre fica mais aconchegante quando os dois ficam de frente. A estampa do assento da Cadeira, combina com o estofado do Sofá. E quando a Cadeira quer ficar mais faceira pro lado dele, coloca uma almofada toda estampada e bem espalhafatosa em cima dela, só pra fazer um volume a mais no seu penteado. O Sofá por sua vez, pega a manta mais bonita e coloca em cima dele, só pra ficar com um aspecto mais jovial. Passam o dia nessa paquera linda. Os raios de sol entram pela Janela que vira espectadora do amor gostoso desses dois. Janela todos os dias deixa uma fresta para o grande astro entrar iluminando tudo. Sem prestar muita atenção com tanta gente passando e empurrando, Sofá e Cadeira ficam bem próximos e fazem dessa aproximação um momento de tamanha importância. É, certos empurrões são plenamente desejáveis. Uma rotina que virou ritual sagrado, que virou estória e dentro dessa ficção acabou virando vida. Quando o braço da Cadeira bate de leve no braço do Sofá, a almofada treme e a manta sobe. Os dois não sabem disfarçar a excitação quando o inarredável muda sua opinião. Aproveitam ao máximo esse momento mágico e fazem da paquera o contexto dos seus sentimentos. Impacientemente o Sofá desenha no amassado do seu encosto um coração. Automaticamente a Cadeira treme na base e fica adoravelmente provocante. Um amor que espera todos os dias esse encontro tão sonhado. Intimidade que não se assusta com um amor que sabe incendiar o imaginário.

Essa Cadeira sabe amar extravagantemente esse Sofá.


~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

E o amor nos envolveu e nunca mais soubemos o que é ficar um sem o outro, essa que é a verdade. Não precisa mudar nada, só me ame como você sabe, só fique comigo como se não tivesse mais nada no mundo, só me sinta como se só eu existisse. Aí pára de doer... É dessa forma que eu só sei te amar, como se nada mesmo existisse, como se só você me visse.

Você pára o meu tempo e inquieta o meu momento... no seu.


Jota Cê


-

Jota Cê - Néctar da Flor
2 compartilhamentos

Até que ponto vai o sintoma de uma saudade? Como pode alguém viver de saudade, se convive com a pessoa todos os dias e usufrui de momentos que os piores conseguem ser perfeitos? Uma mulher que virou escoteira de um amor cheio de saudades. Tem dias que a saudade de tão frenética vira insônia. Outros dias de tão plena, vira descanso dos pensamentos contemplativos. Saudade que virou uma aventureira na emoção. E emocionar uma saudade ao ponto de se fazer suave, é saber escalar uma montanha emotiva e ver lá de cima o camarada chamado amor, fazendo culto a santidade chamada lembrança. Na velocidade que desço essa montanha de devaneio, não me responsabilizo se esbarrar em qualquer recordação que esteja sendo cultuada. A saudade do nosso excesso é tão grande, que pensar com calma tira a comoção que já é acostumada. Nostalgia que nunca foi arquitetada dentro de um momento tão pensado. Uma saudade que sabe ser audível e quanto mais alto... melhor.


A minha saudade tem sombra e é a dele.



~*Rebeca*~

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento
Tags: desejo amor

O mundo sempre vence.
Covardia competir com uma bola desse tamanho.

Rebeca

-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento

Esqueça mesmo e muito bem esquecido, todos os momentos que vivemos, todos os inteiros sentimentos e todos os meios finais. Esqueça mesmo e muito bem esquecido, todos os latidos fortes que demos, todos os gritos de alegria que tivemos e todos os ais. Esqueça mesmo e muito bem esquecida, todas as voltas que fizemos num mundo salvo por nós, todas as provas de amor quando reconhecemos o cheiro do amor embaixo dos lençóis. Esqueça mesmo e muito bem esquecida, todas as palavras que um dia fizeram efeito e que significaram algo além de suspiro nos enchendo de esperança. Esqueça mesmo e muito bem esquecido, que sobrevoamos todos os LIMITES e fizemos ninho no frescor de uma árvore que soube comandar o fluxo da nossa vida com vento forte. Esqueça mesmo e muito bem esquecida, todas as juras de amor que dissemos, todas as sensações gigantes que sentimos e todas as vontades alucinantes. Esqueça mesmo e muito bem esquecido, todos os frios que ficaram pendurados nos pés de um coração que foi aprisionado e todas as explosões de almas que se acostumaram com fogo. Esqueça mesmo e muito bem esquecido, os momentos que contornamos nas discussões desembestadas e toda a razão que sempre foi dona dela mesma. Esqueça mesmo e muito bem esquecido, todos os animais selvagens que fomos e nossas excitações fulminantes. Esqueça mesmo e muito bem esquecido, que te amo feito uma condenada e que esse meu amor nunca foi tapeação. Esqueça mesmo, muito bem esquecido e deixa apodrecer lá no canto de qualquer lembrança vaga o que restou de nós.


~*Rebeca*~


-

Rebeca - Néctar da Flor
1 compartilhamento