Claude Levi Strauss

Cerca de 100 frases e pensamentos: Claude Levi Strauss

O cientista não é o homem que fornece as verdadeiras respostas; é quem faz as verdadeiras perguntas.

O mundo começou sem o homem e acabará sem ele.

A ausência do ser amado deixa atrás de si um lento veneno que se chama esquecimento.

Faz que cada hora da tua vida seja bela. O mínimo gesto é uma lembrança futura.

A arte é a mais bela das mentiras.

A humanidade masculina divide-se em dois grupos: areia ou falésia. A mulher é sempre o oceano.

Se a inteligência fizer perder o caráter, que vá para o diabo e viva o instinto!

A imaginação mais louca tem menos recursos que o destino.

A inveja honra os mortos para insultar os vivos.

Se considero quanto me custa a ideia de deixar a vida, devo ter sido mais feliz do que pensava.

Como o amor, como a morte, a verdade precisa dos véus da mentira.

O homem que reclama a liberdade está a pensar na felicidade.

Meu único desejo é um pouco mais de respeito para o mundo, que começou sem o ser humano e vai terminar sem ele - isso é algo que sempre deveríamos ter presente.

Ser tímido em relação a uma pessoa é confessarmos a nossa inferioridade perante ela. Mas tal receio de lhe desagradar, mesmo lisonjeando-a, não a obriga a simpatizar conosco.

Sábio não é aquele que responde as perguntas, mas quem as coloca.

Eu me vejo assim: um viajante, um arqueólogo do espaço, tentando em vão restaurar o exótico com o uso de partículas e fragmentos.

O antropólogo é o astrônomo das ciências sociais: ele está encarregado de descobrir um sentido para as configurações muito diferentes, por sua ordem de grandeza e seu afastamento, das que estão imediatamente próximas do observador.

O que impressiona o homem no espetáculo dos outros homens são os pontos em que se assemelham.

Historiadores, arqueólogos, filósofos, moralistas, literatos pediram primeiro aos povos recém-descobertos uma confirmação de suas próprias crenças sobre o passado da humanidade. Isso explica porque, durante os grandes descobrimentos do Renascimento, os relatos dos primeiros viajantes não tenham causado surpresa: acreditava-se menos em descobrir novos mundos que encontrar o passado do mundo antigo.

Os gêneros de vida dos povos selvagens demonstravam que a Bíblia, os autores gregos e latinos diziam a verdade ao descrever o jardim do Éden, a Idade de Ouro, a Fonte da Juventude, a Atlântida ou as Ilhas Afortunadas...

Admiração entre os homens, de Claude Lévi-Strauss

Amigos são como melões; devo te dizer porque? Para encontrar um bom você precisa provar cem.

Eu adoraria pintar como o pássaro canta.