Biografia de William Shakespeare

William Shakespeare

William Shakespeare é considerado o mais importante dramaturgo e escritor de todos os tempos. Seus textos literários são verdadeiras obras de arte e permaneceram vivas até aos dias de hoje, onde são retratadas frequentemente pelo teatro, televisão, cinema e literatura.

Deixou cerca de 40 peças que abrangem comédias românticas, dramas históricos e tragédias, entre elas, "Romeu e Julieta", "Otelo" e "Hamlet", com sua famosa frase: "Ser ou não ser, eis a questão".

William Shakespeare

William Shakespeare nasceu em Stratford-upon-Avon, no condado de Warwick, Inglaterra, 23 de abril de 1564. Iniciou seus estudos em sua cidade natal, mas quando estava com 13 anos sua família empobreceu, e o jovem teve que deixar os estudos e trabalhar no comércio do pai.

Com 18 anos de idade casou-se com a aldeã Anne Hathaway, nove anos mais velha do que ele. Cinco meses depois nasceu sua primeira filha, Susan e em seguida os gêmeos Judith e Hamnet.

Nessa época, Shakespeare já escrevia versos e assistia todas as representações das companhias que chegavam a Stratford.

Em 1586, Shakespeare se envolveu com más companhias sendo obrigado a deixar a família e se refugiar em Londres, onde trabalhou em várias funções, entre elas, a de guardador de cavalos na porta do teatro de James Burbage, o primeiro teatro de Londres.

Carreira de dramaturgo

Logo estava prestando serviços nos bastidores e começou a escrever sua primeira peça, "Comédia dos Erros", que só terminou quatro anos depois. Nesta época escreveu aproximadamente 150 sonetos.

Embora seus sonetos sejam até hoje considerados os mais lindos de todos os tempos, foi na dramaturgia que ganhou destaque. No ano de 1594, entrou para a Companhia de Teatro de Lord Chamberlain, que possuía um excelente teatro em Londres.

Neste período, o contexto histórico favorecia o desenvolvimento cultural e artístico, pois a Inglaterra vivia os tempos de ouro sob o reinado da rainha Elizabeth I. O teatro deste período era conhecido como “Teatro Elisabetano”.

Shakespeare estudou muito e leu autores clássicos, novelas, contos e crônicas, que foram fundamentais para sua formação de dramaturgo. Escreveu tragédias, dramas históricos e comédias que marcam até os dias de hoje o cenário teatral.

Durante as diversas temporadas interrompidas pela peste negra, Shakespeare começou a se destacar como ator e dramaturgo. Seus textos faziam muito sucesso pois tratam de temas próprios dos seres humanos, independente do tempo histórico.

O amor, relacionamentos afetivos, sentimentos, questões sociais, temas políticos e outros assuntos, relacionados a condição humana, são constantes nas obras deste escritor.

Romeu e Julieta

“Romeu e Julieta” foi a primeira grande obra de Shakespeare na qual fez a personificação do amor proibido.

Um insípido poema narrativo de Arthur Brooke foi transformado na mais célebre de todas as tragédias de amor. É uma das mais famosas obras do dramaturgo.

Últimos anos e morte 

Por volta de 1610, o dramaturgo retornou para sua cidade natal, local onde escreveu suas últimas peças. William Shakespeare faleceu em Stratford-upon-Avon, no dia 23 de abril de 1616, pouco depois de ter feito seu testamento. Foi enterrado na Trinity Church, em Stratford.

Principais obras:

  • Comédias: O Mercador de Veneza, Sonho de uma noite de verão, A Comédia dos Erros, Os dois fidalgos de Verona, Muito barulho por coisa nenhuma, Noite de reis, Medida por medida, Conto do Inverno, Cimbelino, Megera Domada e A Tempestade.
  • Tragédias: Tito Andrônico, Romeu e Julieta, Julio César, Macbeth, Antônio e Cleópatra, Coriolano, Timon de Atenas, O Rei Lear, Otelo e Hamlet.
  • Dramas Históricos: Henrique IV, Ricardo III, Henrique V, Henrique VIII.

Acervo: 684 frases e pensamentos de William Shakespeare.

Frases e Pensamentos de William Shakespeare

Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar.

William Shakespeare

Nota: Adaptação de um trecho da peça Medida por Medida, de William Shakespeare.

Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente.

William Shakespeare

Nota: Trecho da peça "Muito Barulho Por Nada", de William Shakespeare.

Choramos ao nascer porque chegamos a este imenso cenário de dementes.

William Shakespeare , King Lear. Minneapolis: Filiquarian Publishing LLC, 2007.

Lutar pelo amor é bom, mas alcançá-lo sem luta é melhor.

William Shakespeare

Nota: Trecho adaptado da peça "Noite de Reis", de William Shakespeare.

A suspeita sempre persegue a consciência culpada; o ladrão vê em cada sombra um policial.

William Shakespeare

Nota: Trecho adaptado da peça "Rei Henrique VI", de William Shakespeare