Biografia de Thomas Mann

Thomas Mann

Thomas Mann nasceu em Lübeck, na Alemanha, no dia 6 de junho de 1875. Com a morte do pai, em 1892, o comércio da família foi abandonado. Nesse mesmo ano, a família muda-se para Munique, centro das artes e de literatura. Com o incentivo da mãe, a brasileira Júlia da Silva Bruhns, Thomas passa a se dedicar à literatura. Escreve textos para uma revista alemã.

Em 1893, muda-se para a Itália, onde mora seu irmão o escritor Heinrich Mann. Aí permanece até 1898. De volta a Munique, trabalha como editor no jornal satírico/humorístico “Simplicissimus”. Em 1900 publica sua primeira novela “Buddenbrooks”, uma saga de uma família de comerciantes que depois de três gerações perde sua fortuna. Em 1905 casa-se com a judia Katia Pringshein, filha de um rico industrial, com quem teve seis filhos.

Em 1911 vai para Veneza e se inspira para escrever a novela “Morte em Veneza” (1912), onde relata a paixão platônica de um escritor de meia-idade, por um jovem e belo rapaz. Em 1924 publica “A Montanha Mágica”, em que defende os ideais democráticos. Em 1929 recebe o Prêmio Nobel de Literatura pelo livro “Buddenbrooks”.

Em 1933, com a ascensão de Hitler ao poder, passa a viver no exílio, primeiro na Suíça, depois nos Estados Unidos, onde recebe a cidadania americana. Nessa época publica ensaios sobre Freud, Goethe e Nietzsche. Em 1952 resolve morar na Suíça. Faleceu em Kichberg, próximo a Zurique, na Suíça, no dia 12 de agosto de 1955.

Acervo: 37 frases e pensamentos de Thomas Mann.

Frases e Pensamentos de Thomas Mann

Aquilo a que chamamos felicidade consiste na harmonia e na serenidade, na consciência de uma finalidade, numa orientação positiva, convencida e decidida do espírito, ou seja na paz da alma.

Thomas Mann
703 compartilhamentos

A solidão mostra o original, a beleza ousada e surpreendente, a poesia. Mas a solidão também mostra o avesso, o desproporcionado, o absurdo e o ilícito.

Thomas Mann
219 compartilhamentos

Há pessoas as quais não é fácil conviver, mas que jamais se podem abandonar.

Thomas Mann
121 compartilhamentos

O escritor é um homem que mais do que qualquer outro tem dificuldade para escrever.

Thomas Mann
51 compartilhamentos

A felicidade do escritor é o pensamento que consegue transformar-se completamente em sentimento, é o sentimento que consegue transformar-se completamente em pensamento.

Thomas Mann
108 compartilhamentos