Biografia de Theophile Gautier

Theophile Gautier

Pierre Jules Théophile Gautier nasceu em Tarbes (França), em 1811. Ainda criança, foi para Paris, onde estudou e iniciou seu caminho na literatura.

Recebeu apoio do escritor Gerárd de Nerval, que o introduziu no círculo dos românticos. Em 1830, projetou seu nome após uma defesa da peça “Hernani”, de Victor Hugo.

No mesmo ano, lançou “Poésies” e dois anos depois “Albertus”, considerado seu grande poema romântico.

Mas a relação com os românticos não durou muito. Em 1833, Gautier ridicularizou os formadores dessa escola em uma obra chamada “Les Jeunes-France”. Depois disso, em 1835, publicou o romance “Mademoiselle de Maupin”, que é sua novela mais conhecida.

Afastado dos românticos, Gautier se tornou o precursor da escola Parnasiana na poesia francesa. Lançou dois livros de poemas que são aclamados pela crítica como seus melhores trabalhos. Os livros se chamam “España” e “Le Voyage en Espagne”, ambos lançados em 1845 e inspirados em uma viagem que o poeta fez à Espanha.

Não apenas ligado ao mundo da poesia e para sobreviver, Gautier trabalhou como jornalista nas revistas “La Revue” e “L'Artiste”.

Lançou outro livro em 1852, “Émaux et camées”, que influenciou vários poetas parnasianos.

Gautier faleceu em Paris, em 1872.

Acervo: 14 frases e pensamentos de Theophile Gautier.

Frases e Pensamentos de Theophile Gautier

Amar é admirar com o coração. Admirar é amar com o cérebro.

Theophile Gautier
4.8 mil compartilhamentos

O acaso é, talvez, o pseudônimo que Deus usa quando não quer assinar suas obras.

Theophile Gautier
320 compartilhamentos

As mais belas qualidades tornam-se inúteis, quando a força do caráter as não sustenta.

Theophile Gautier
741 compartilhamentos

Com paciência e perseverança muito se alcança.

Theophile Gautier
284 compartilhamentos

Odiarmos alguém é preocuparmo-nos tanto como se o amássemos.

Theophile Gautier
296 compartilhamentos