Biografia de Rabindranath Tagore

Rabindranath Tagore

Rabindranath Tagore (1861-1941) nasceu em Calcutá, na Índia, no dia 7 de maio de 1861. Filho de família abastada era descendente dos Tagore, fundadores da fé Adi Dharma. Com oito anos já escrevia poesias. Órfão de mãe, com 11 anos, após sua iniciação no ritual upanayana, iniciou uma viagem pela Índia, ao lado de seu pai, até chegarem à estação do monte Himalaia de Dalhousie. Nessa época recebeu a educação tradicional indiana.

Entre 1878 e 1880, estudou Direito na Inglaterra, apesar de condenar a colonização britânica e apoiar a independência de seu país. Em 1901 criou uma escola de filosofia, em Santiniketan, dedicada ao ensino das culturas orientais e ocidentais.

Sua obra poética chega a três mil poemas em língua bengal e compreende temas religiosos, políticos e sociais. Seus primeiros versos foram publicados nos livros “Canção da Noite” e “Canção da Manhã”. Sua obra em prosa inclui contos, ensaios e novelas onde expressa sua preocupação humanística. Entre 1902 e 1907 escreveu poemas místicos, ressentido pela morte de sua esposa e de dois de seus filhos. Em 1910 publicou “Oferenda Lírica”, que teve repercussão internacional.

Em 1913, Tagore recebeu o Nobel de Literatura, sendo o primeiro escritor asiático a receber essa premiação. Em 1915 recebeu o título de Sir concedido pela Coroa Britânica, mas em 1919 renunciou o título como forma de protesto contra a política britânica em relação ao Punjab. Recebeu de Mahatma Ganghi o título de “O Grande Mestre”, por sua destacada atuação nos movimentos nacionalistas. Faleceu em Bengala, Índia, no dia 7 de agosto de 1941.

Acervo: 82 frases e pensamentos de Rabindranath Tagore.

Frases e Pensamentos de Rabindranath Tagore

Se choras por não teres visto o pôr do sol, as lágrimas não te deixarão ver as estrelas.

Rabindranath Tagore
4.5 mil compartilhamentos

Se tu choras por ter perdido o sol, as lágrimas te impedirão de ver as estrelas.

Rabindranath Tagore
1.4 mil compartilhamentos

Compreendemos mal o mundo e depois dizemos que ele nos decepciona.

Rabindranath Tagore
2.1 mil compartilhamentos

Senhor! Dá-me a esperança, leva de mim a tristeza e não a entrega a ninguém.
Senhor! Planta em meu coração a sementeira do amor e arranca de minha alma as rugas do ódio.
Ajuda-me a transformar meus rivais em companheiros, meus companheiros em entes queridos.
Dá-me a razão para vencer minhas ilusões.
Deus! Conceda-me a força para dominar meus desejos.
Fortifica meu olhar para que veja os defeitos de minha alma e venda meus olhos para que eu não cometa os defeitos alheios.
Dá-me o sabor de saber perdoar e afasta de mim os desejos de vingança.
Ajuda-me a fazer feliz o maior número de possível de seres humanos, para ampliar seus dias risonhos e diminuir suas noites tristonhas.
Não me deixe ser um cordeiro perante os fortes e nem um leão diante dos fracos.
Imprime em meu coração a tolerância e o perdão e afasta de minha alma o orgulho e a presunção.
Deus! Encha meu coração com a divina fé... Faz-me uma mulher realmente justa

Rabindranath Tagore
2.1 mil compartilhamentos

Um livro aberto é um cérebro que fala;
Fechado, um amigo que espera;
Esquecido, uma alma que perdoa;
Destruído, um coração que chora.

Rabindranath Tagore
1.2 mil compartilhamentos