Biografia de Plínio

Plínio

Plínio, o Velho nasceu em Como, na Itália, no ano 23 da era cristã. Neto do senador Gaius Caecilius, ingressou na carreira militar. Estudou Direito e desempenhou diversos cargos públicos. Quando Nero era imperador, Plínio foi nomeado procurador na Espanha, no norte da África e na Gália.

De seus importantes trabalhos, apenas sobreviveram os 37 volumes de “História Natural”, uma valiosa fonte de informações sobre todo o conhecimento científico até o início do cristianismo. Tratou de diversos temas, como fisiologia animal e vegetal, cosmologia, história da arte, medicina, mineralogia, entre outros.

Muito do que se sabe sobre Plínio, provém de relatos deixados por seu sobrinho, Plínio, o Jovem, político bem sucedido, que deixou nove livros e cartas, entre elas a que foi dirigida ao historiador Tácito, em que relata a missão de Plínio ao local da erupção do vulcão Vesúvio, que destruiu Pompéia e Herculano. Ao comandar uma frota estacionada em Miseno, se ao tentar se aproximar do local da erupção para realizar pesquisas científicas, foi asfixiado pela fumaça do vulcão. Plínio morreu em Estábia, Itália, no ano 79 da era cristã.

Acervo: 16 frases e pensamentos de Plínio.

Frases e Pensamentos de Plínio

No vinho está a verdade.

Plínio
356 compartilhamentos

O homem é o único animal que não aprende nada sem ser ensinado: não sabe falar, nem caminhar, nem comer, enfim, não sabe fazer nada no estado natural, a não ser chorar.

Plínio
609 compartilhamentos

Os males de que padece o ser humano, em seu maior número, vêm dele mesmo.

Plínio
21 compartilhamentos

O hábito é o melhor mestre em todas as coisas.

Plínio
14 compartilhamentos

O homem é o único ser que, ao nascer, nu sobre a terra nua, é abandonado ao vagido e ao pranto; e nenhum animal é mais propenso às lágrimas do que ele, desde o início da vida.

Plínio
25 compartilhamentos