Biografia de Lênin

Lênin

Lênin nasceu em Simbirsk (atual Ulianovsk), na Rússia, no dia 22 de abril de 1870. Desde 1888, ainda estudante de Direito, integrava um movimento que se organizava clandestinamente em São Petersburgo, para a derrubada do regime czarista. Em 1895 foi preso e enviado para a Sibéria.

Em 1898 foi fundado o “Partido Social Democrata” Russo, que tinha por base as ideias de Marx. O partido foi desarticulado pela polícia, mas voltou a se organizar no exterior. Libertado em 1900, Lênin viveu a maior parte do tempo no exílio, e assumiu a liderança do partido. Seus ideais eram difundidos pelo jornal “A Centelha”, que entrava clandestinamente na Rússia.

Em 1903, durante um congresso realizado em Bruxelas e em Londres, o partido se dividiu em duas tendências de posições opostas: os “menchevique”, que julgavam que se devia esperar o desenvolvimento do capitalismo para então começar a revolução, conduzida pela burguesia e apoiada pelos operários e camponeses, e os “bolcheviques”, liderados por Lênin, que defendiam a revolução imediata conduzida por um partido operário, apoiado nos camponeses.

De volta à Rússia em abril de 1917, tornou-se com Trotski, o principal articulador da “Revolução de outubro de 1917”. Depois da vitória do movimento, Lênin chefiou o governo e implantou o “Estado Socialista Russo”. Em 1918 implantou o “Comunismo de Guerra”, através do qual houve uma nacionalização generalizada e o controle estatal da agricultura. Em 1921 lançou a “Nova Política Econômica (NEP)”, com o objetivo de aumentar a produção industrial e agrícola e atrair capitais e técnicos estrangeiros. Em 1922, foi formalmente criada a “União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS)”.

Lênin deixou números textos, entre eles: “O Imperialismo, Etapa Superior do Capitalismo” (1915) e “Estado e Revolução” (1917), onde defendia que o poder deveria ser tomado pela população armada, impedindo a reação burguesa na transição do capitalismo ao socialismo e acelerando a passagem a uma sociedade sem classes – o comunismo.

Lênin faleceu em Gorki Leninskiye, Rússia, no dia 21 de janeiro de 1924. Seu corpo foi embalsamado e permanece até hoje exposto no Mausoléu da Praça Vermelha, em Moscou.

Acervo: 25 frases e pensamentos de Lênin.

Frases e Pensamentos de Lênin

Um imbecil pode, por si só, levantar dez vezes mais problemas que dez sábios juntos não conseguiriam resolver.

Lênin
41 compartilhamentos

É preciso sonhar, mas com a condição de crer em nosso sonho, de observar com atenção a vida real, de confrontar a observação com nosso sonho, de realizar escrupulosamente nossas fantasias. Sonhos, acredite neles.

Lênin
40 compartilhamentos

O crime é produto dos excessos sociais.

Lênin
29 compartilhamentos

A teoria sem a prática de nada vale, a prática sem a teoria é cega.

Lênin
28 compartilhamentos

A morte de uma organização acontece quando os de baixo já não querem e os de cima já não podem.

Lênin
23 compartilhamentos