Biografia de John Stuart Mill

John Stuart Mill

John Stuart Mill nasceu em Pentónville, subúrbio de Londres, Inglaterra, no dia 20 de maio de 1806. Filho do filósofo e historiador escocês James Mill, revelou-se precoce e recebeu rígida educação. Com 11 anos auxiliou o pai na revisão de sua obra sobre a história da Índia. Com 13 anos iniciou seu estudo sobre Economia. Estudou Direito e entrou em contato com as ideias do filósofo e jurista Jeremy Bentham.

Com 15 anos escreveu sua autobiografia e declarava que pretendia reformar o mundo. Em 1822 começou a trabalhar na East India Company, chegando ao posto de diretor presidente. Com 18 anos começou a elaborar seus primeiros textos. Em 1865, foi eleito para o Parlamento Inglês, permanecendo até 1868, quando se retirou da vida pública.

As principais ideias de John Stuart Mill deixaram grande contribuição no campo da Lógica, da Psicologia, do Direito, da Economia e da Política. No campo da Economia, suas ideias apresentam uma série de contradições a ponto de ser considerado um integrante do liberalismo clássico por alguns autores e um pré-socialista por outros. Ele próprio chegou a se definir um socialista. Sua ideia de utilitarismo serviu de base e foi aperfeiçoada por diversos economistas. No campo da política, seguiu o caminho do liberalismo extremado, muito próximo do anarquismo. Faleceu em Avignon, França, no dia 8 de maio de 1873.

Acervo: 23 frases e pensamentos de John Stuart Mill.

Frases e Pensamentos de John Stuart Mill

Aprendi a procurar a felicidade limitando os desejos, em vez de tentar satisfazê-los.

John Stuart Mill
92 compartilhamentos

Ainda que as circunstâncias influam muito sobre o nosso caráter, a vontade pode modificar as circunstâncias em nosso favor.

John Stuart Mill
35 compartilhamentos

Perguntai a vós mesmos se sois felizes e deixareis de sê-lo.

John Stuart Mill
13 compartilhamentos

No final de contas, o valor de um Estado é o valor dos indivíduos que o compõem.

John Stuart Mill
13 compartilhamentos

Se toda a humanidade menos um fosse da mesma opinião, e apenas um indivíduo fosse de opinião contrária, a humanidade não teria maior direito de silenciar essa pessoa do que esta o teria, se pudesse, de silenciar a humanidade.

John Stuart Mill
11 compartilhamentos